Jogos Inesquecíveis

Grêmio 6×1 Flamengo – 1989

0jogos

586O jogo valia pelas semifinais da Copa do Brasil de 1989. O Grêmio, então Pentacampeão Gaúcho, precisava apenas do empate em 0x0 para chegar à final, pois no jogo de ida, apesar de sair perdendo por 2×0, numa reação incrível, empatamos no fim, 2×2. No Monumental lotado (46 mil pessoas), o Imortal começou o jogo atrás, mantendo a postura de jogar nos contra-ataques. Num deles, aos 23 minutos do primeiro tempo, Cuca recebeu na área e colocou na rede, 1×0. Os cariocas partiram pra cima pra tentar o empate, mas sem sucesso, a primeira etapa terminou assim. No segundo tempo, logo aos 4 minutos, Paulo Egídio, de cabeça após cobrança de falta, fez o segundo. Mal a bola saiu e, um minuto depois, o atacante Almir que substituiu Kita, marcou o terceiro, chegando livre pela direita. Para surpresa de todos, o Imortal continuou atacando e sufocando a equipe do Flamengo. Aos 28, Cuca de fora da área, fez um golaço, encobrindo o goleiro Cantarele. Mais 3 minutos se passaram e Paulo Egídio, disparou pela meia-direita, humilhou o goleiro e fez o quinto gol, para o delírio da torcida Tricolor. Após os cariocas descontarem, o garoto Assis fechou o placar, aparando um cruzamento da esquerda. 6×1. Humilhamos o grande time do Flamengo com uma goleada sensacional e conseguimos a vaga na final da primeira Copa do Brasil, competição na qual nos tornaríamos mestres, e enfrentaríamos o surpreendente Sport. O Grêmio naquele dia entrou em campo com: Mazarópi, Alfinete, Luís Eduardo, Vilson e Hélcio; Jandir (André), Lino e Cuca; Assis, Kita (Almir) e Paulo Egídio. O técnico era Claúdio Duarte.

495

Abaixo, os gols do jogo, com narração de Oliveira Andrade. (As imagens, foram as melhores que consegui):

 

2 Comments

    1. Quico_20 Author

      Desculpe pelo erro! E obrigado por comentar, Lucas! Com a correria do dia a dia, as vezes um ou outro detalhe passa despercebido. É bom saber que os leitores do blog estão sempre atentos. Esteja a vontade para comentar, criticar ou sugerir.

      Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.