Promoções

Ontem o Grêmio anunciou em seu site a nova parceria com a Liga Retrô, que fará réplicas de camisas antigas do Grêmio. Por enquanto estão apenas com uma de 1956 e uma de 1983, mas com certeza em breve farão outras. Através do site da Liga Retrô os clientes mesmo podem sugerir camisas para que eles façam. É claro que não farão todas que sugerirmos, mas se várias pessoas sugerirem a mesma é bem provável que eles façam. Abaixo as fotos das duas camisas:

Grêmio 1983:


252

Grêmio 1956:

253

Eu gostei! Quero saber a opinião de vocês. O que acharam? Comentem!!


2009

Ouvi ontem na Gaúcha que o Grêmio estava lançando, junto a Paquetá, camisas comemorativas ao Bi campeonato da Libertadores da América. Hoje, no site do Grêmio, encontrei uma delas e resolvi postar aqui. Só achei lá a tricolor, que apesar de não ter curtido muito achei bem fiel à da época… Ela está sendo vendida na Grêmio Mania (clique aqui) por apenas R$ 95,00. Sócio em dia paga R$ 90,25. Até que, por ser feita pela Puma, não ficou muito feia… as retrôs da Puma geralmente são bem fraquinhas.

Se por acaso alguém achar fotos das outras e quiser deixe um comentário aqui para eu botar as fotos aqui também.

Obrigado desde já!

233

ATUALIZAÇÃO 1:

Chegou agora um e-mail do amigo Pablo me passando a imagem de divulgação do pré-lançamento das camisas na Paquetá que saiu no Diário Gaúcho onde dá para ver a camisa de goleiro, que por sinal achei muito legal. Segue a foto:

Obrigado Pablo!

234

ATUALIZAÇÃO 2:

Achei agora com o Roguer uma foto melhor da camisa comemorativa do Danrlei.

235 236

1983

Camisa usada em 1983 pelos juvenis do Grêmio. Era comum naquela época os juvenis usarem as sobras do time principal.

 

Se alguém tiver uma igual, sem a personalização das costas, e em bom estado tenho interesse em adquirir. Mande informações para contato@camisasdogremio.net. Obrigado!

 

Notícias

O Grêmio encostou de vez no G-4. Neste domingo, o Tricolor mostrou a força do time no Estádio Olímpico e aplicou 5 a 1 em cima do Fluminense, com naturalidade.

Com a vitória, o time gaúcho ficou com o melhor ataque da competição, melhor saldo, além do artilheiro – Jonas, com 13 gols.

Grêmio atropela

A partida começou movimentada. O desesperado Fluminense não conseguia segurar a força ofensiva do Tricolor gaúcho. Aos sete minutos, o Grêmio quase abriu o placar. Tcheco cobrou falta e Réver e Herrera tentaram, mas Rafael fez duas boas defesas, com os pés.

Um minuto depois, a resposta do Fluminense. Conca entrou livre na área e bateu de canhota, rasteira, no cantinho. Victor voou no chão e espalmou para escanteio. Esta foi a única boa chance carioca na primeira etapa.

A partir de então, o Grêmio ditou o ritmo da partida, sem dar chances para o adversário. E o primeiro gol saiu aos 10 minutos, com a ajuda de um jogador do Fluminense. Souza cobrou falta ao lado da área e Adeilson desviou de cabeça contra a própria meta: 1 a 0.

Os gaúchos continuaram pressionando. Aos 16 minutos, Herrera foi puxado dentro da área: pênalti. Jonas foi para a bola e o técnico Paulo Autuori gritou e esbravejou. O técnico queria Tcheco, o cobrador oficial.

Jonas bateu a penalidade, e Rafael defendeu. Mas o juiz alegou que o goleiro se adiantou e mandou cobrar de novo. Desta vez, Tcheco foi lá, com direito a paradinha, e bateu no canto, sem chances para o arqueiro adversário.

O terceiro gol foi logo depois, em mais uma jogada pela ponta direita. Tcheco fez o cruzamento e Souza desviou, de carrinho. Depois, o Tricolor gaúcho diminuiu o ritmo e o placar não se alterou até o intervalo.

O Grêmio voltou com tudo para a segunda etapa. Logo aos quatro minutos, Herrera desperdiçou chance incrível. Ele se livrou do goleiro na grande área, mas Rafael conseguiu se recuperar e saiu nos pés do atacante.

Susto rápido

O Flu teve um instante de brilho na segunda etapa. Aos 12 minutos, Conca cobrou falta da intermediária e, sem marcação, Kieza desviou para as redes.

Mas foi um susto rápido. Logo depois da saída de bola, o Grêmio saiu em um ataque fulminante. Depois de bela tabela, Herrera entrou na área e cruzou para Jonas. Só que Cássio apareceu no meio do caminho e testou contra a pátria: 4 a 1.

Jonas é artilheiro

Pelo lado do Fluminense, Urrutia quase descontou. O volante acertou uma bomba da intermediária e Victor fez excelente defesa.

Jonas foi insistente em toda a partida e conseguiu marcar somente aos 39. Ele entrou em velocidade na área, driblou o goleiro e fechou o placar em 5 a 1. Na comemoração, chegou a se emocionar.

Fonte:  ClicEsportes

2009

Camisa branca lançada pela Puma para a disputa da Libertadores 2009 com patrocínio Banrisul e Tramontina e nas mangas o patch em alusão aos 50 anos da Libertadores.

Fotos: Claudio Wiehe / Acervo Histórico do Grêmio