1996

Em 1996, além de ganhar o Campeonato Gaúcho e o Campeonato Brasileiro o Grêmio também teve outro “título”. Foi o ano em que nossa tricolor foi a camisa mais vendida no mundo. Abaixo foto da matéria que saiu sobre o fato:

Segue foto da camisa de minha coleção, que particularmente nem acho das mais bonitas:

CAMPEONATO GAÚCHO

O Campeonato Gaúcho de Futebol de 1996, foi a 76ª edição da competição no Estado do Rio Grande do Sul. Novamente a Série A teve 14 clubes, já na Série B houve um aumento de dez para 14. Neste ano o Guarany/CA, pediu licença e foi substituido pelo Pratense. A disputa teve início em 2 de fevereiro e o término em 30 de junho de 1996. O campeão deste ano foi o Grêmio.

CLUBES:

FINAIS:

Juventude 0-3 Grêmio
Grêmio 4-0 Juventude
Campeão:Grêmio

ARTILHEIRO:

  • Sandro Pires (Ypiranga) 12 gols

CAMPEONATO BRASILEIRO

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1996 foi vencido pelo Grêmio, que conquistou assim o seu segundo título de campeonato nacional.

Os dois últimos colocados no campeonato, Fluminense e Bragantino, foram rebaixados para a Série B de 1997, sendo substituídos pelo campeão e vice da Série B deste ano, respectivamente União São João e América/RN. No entanto, apenas três anos após a histórica “virada de mesa” de 1993, a CBF voltou a intervir para salvar um grande clube brasileiro, no caso o Fluminense. Não houve rebaixamento em 1996 e o Campeonato Brasileiro de 1997 seria disputado por 26 clubes.

FÓRMULA:

Primeira Fase: Os 24 clubes jogam todos contra todos, em turno único. Classificam-se para a Fase Final os 8 primeiros colocados.

Fase Final (com Quartas de Final, Semifinais e Final): Sistema eliminatório, com jogos em ida e volta, prevalecendo a melhor campanha em caso de duplo empate.

FASE FINAL:

Quartas de final Semifinais Final
1 Cruzeiro 0 1
8 Portuguesa 3 0
Portuguesa 1 2
Atlético Mineiro 0 2
4 Atlético Paranaense 1 1
5 Atlético Mineiro 3 0
Portuguesa 2 0
Grêmio 0 2
3 Palmeiras 1 1
6 Grêmio 3 0
Grêmio 3 2
Goiás 1 2
2 Guarani 1 1
7 Goiás 3 0

A DECISÃO:

11 de Dezembro, 1996
Portuguesa 2 – 0 Grêmio Morumbi (São Paulo)
Público: 29.355
Árbitro:Sidrack Marinho dos Santos
Gallo Gol marcado a 38 minutos 38′
Rodrigo Fabri Gol marcado a 60 minutos 60′
Marco Antônio Penalizado 36′

Portuguesa: Clemer; Valmir, Émerson, Marcelo e Roque; Capitão, Gallo, Zé Roberto e Caio; Rodrigo Fabri (Tico) e Alex Alves (Flávio). Técnico: Candinho.

Grêmio: Danrlei; Marco Antônio, Adílson, Rivarola e Roger; Dinho (Mauro Galvão), Luiz Carlos Goiano, Émerson (João Antônio) e Carlos Miguel (Aílton); Paulo Nunes e Zé Alcino. Técnico: Luiz Felipe Scolari.


15 de Dezembro, 1996
Grêmio 2 – 0 Portuguesa Olímpico (Porto Alegre)
Público: 42.587
Árbitro:Márcio Rezende de Freitas
Paulo Nunes Gol marcado a 3 minutos 3′
Aílton Gol marcado a 84 minutos 84′

Grêmio: Danrlei; Arce, Rivarola (Luciano), Mauro Galvão e Roger; Dinho (Aílton), Luiz Carlos Goiano, Émerson (Zé Afonso) e Carlos Miguel ; Paulo Nunes e Zé Alcino. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Portuguesa: Clemer; Valmir, Émerson, César e Carlos Roberto (Flávio); Capitão, Gallo, Caio e Zé Roberto; Alex Alves e Rodrigo Fabri. Técnico: Candinho.

O CAMPEÃO:

Dirigido por Luiz Felipe Scolari, o time base do Grêmio no campeonato foi:

Danrlei; Arce, Rivarola, Adílson e Roger; Dinho, Luís Carlos Goiano, Carlos Miguel e Emerson; Paulo Nunes e Zé Alcino.

Além desses jogadores, tiveram importantes participações o zagueiro Mauro Galvão (que jogou a final, inclusive) e o meia-atacante Aílton, autor do gol do título, aos 39 minutos do segundo tempo.

CLASSIFICAÇÃO FINAL:

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Grêmio 48 29 14 6 9 52 34 18
2 Portuguesa 46 29 14 4 11 40 34 6
3 Atlético Mineiro 43 27 13 4 10 44 37 7
4 Goiás 41 27 12 5 10 43 34 9
5 Cruzeiro 47 25 14 5 6 32 20 12
6 Guarani 46 25 14 4 7 25 17 8
7 Palmeiras 46 25 13 7 5 44 23 21
8 Atlético Paranaense 42 25 13 3 9 43 31 12
9 Internacional 35 23 10 5 8 31 27 4
10 Sport 35 23 10 5 8 32 31 1
11 São Paulo 35 23 9 8 6 39 32 7
12 Corinthians 32 23 7 11 5 20 19 1
13 Flamengo 30 23 9 3 11 24 31 -7
14 Coritiba 29 23 8 5 10 25 30 -5
15 Vitória 29 23 8 5 10 32 39 -7
16 Paraná 28 23 8 4 11 26 30 -4
17 Botafogo 28 23 7 7 9 33 35 -2
18 Vasco da Gama 27 23 8 3 12 37 43 -6
19 Juventude 27 23 8 3 12 31 37 -6
20 Santos 27 23 7 6 10 26 31 -5
21 Criciúma 23 23 6 5 12 31 39 -8
22 Bahia 23 23 5 8 10 25 35 -10
23 Fluminense 22 23 6 4 13 26 50 -24
24 Bragantino 19 23 5 4 14 26 48 -22
Pts – pontos; J – jogos disputados; V – vitórias; E – empates; D – derrotas;
GP – gols pró; GC – gols contra; SG – saldo de gols
Classificação
Campeão e classificado para a Libertadores 1997
Finalista e classificado para a Copa Conmebol 1997
Eliminado nas Semifinais e classificado para a Copa Conmebol 1997
Eliminado nas Semifinais
Eliminados nas Quartas de final
Eliminados na Primeira fase
Rebaixados para a Série B 1997

Fonte: Wikipedia

1988

Tricolor do ano de 1988, época em que a Penalty era nossa fornecedora e as camisas ainda eram de pano. As camisas de pano, apesar de muito quentes e desconfortáveis aos jogadores, são pra mim as mais lindas da nossa história, e esta, de 1988, é uma das que acho mais bonitas desta época.

Abaixo fotos da que fez parte da minha coleção e que agora está nas mãos do colecionador Valério Martins dos Reis:

Campeonato Gaúcho de 1988:

O Campeonato Gaúcho de Futebol de 1988, foi a 68ª edição da competição no Estado do Rio Grande do Sul. Participaram da disputa 14 clubes. Os seis melhores decidiram o título. A competição teve seu início em 20 de fevereiro e o encerramento em 26 de junho de 1988. O campeão deste ano foi o Grêmio.

PARTICIPANTES:

REGULAMENTO:

Neste ano, a RBS – afiliada da Rede Globo – resolveu bancar o torneio e com isso diminuiu suas partidas. Também passou a oferecer premiações para os times e transmitir dois jogos por semana para todo o estado. No turno, eram dois grupos de sete, nos quais os times do Grupo A enfrentavam os times do grupo B. Os dois primeiros de cada grupo passavam para a semifinal, e os vencedores passavam para a final. Nas semifinais o Grêmio venceu o Pelotas por 2 a 1 e o Caxias venceu o Juventude nos pênaltis por 4 a 3. Na final, deu Grêmio (2 a 1), que garantiu vaga no hexagonal final. No returno, os mesmo grupos de sete se enfrentavem dentro deles, com os dois priemiros passando para a semifinal.Nas semifinais, o Internacional venceu o Santa Cruz por 3 a 0 e o Grêmio fez 1 a 0 no Inter – SM. Na final, deu Grêmio (3 a 1). Por ser campeão dos dois turnos, o Grêmio leva dois pontos extras para o Hexagonal Final. Os oito times não classificados para o hexagonal disputaram o octogonal da morte, no qual o Brasil e o Guarany/CA foram rebaixados por serem os dois últimos colocados.

HEXAGONAL FINAL:

Para o hexagonal, se classificaram além do campeão dos turnos(Grêmio), os cinco melhores na campanha geral.

  • Classificação
1º Grêmio 15 pg
2º Internacional 13 pg
3º Pelotas 11 pg
4º Santa Cruz 9 pg
5º Juventude 8 pg
6º Caxias 6 pg

PG: Pontos Ganhos

Caxias 0 x 0 Grêmio – Centenário, Caxias do Sul (RS).
Arbitragem: Carlos Sergio Rosa. Público: 18 370. Renda: Cz$ 6 871 050. Cartão Amarelo: Cacapava (CAX) e Valdo (GRE).
Caxias: Chico, Paulinho, Sergio Odilon, Jairo e Ricardo; Cacapava, Leco e Mezzari; Zico(Gerson Lopes), Sanabria e Marquinhos. Técnico: Homero Cavalheiro
Grêmio: Mazaropi, Alfinete, Henrique, Luis Eduardo e Airton Caixão; Bonamigo, Cuca e Cristovao; Valdo, Lima e Ze Roberto (Darci). Técnico: Otacílio Goncalves.
Campeão: Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

ARTILHEIRO:

  • Lima (Grêmio) 17 gols

Fonte: Wikipedia